Pecuaristas celebram resultados do confinamento em 2018; margem chegou a até 30% por animal

February 27, 2019

 

Em 2018, a margem de lucro para quem terceirizou a engorda de bovinos em boiteis foi 20% em média. Mas houve propriedade que obteve resultado ainda melhor, chegando a 30% de média. Foi o caso do Grupo Colpar. No passado a empresa destinou animais para terminação em confinamento em Guaiçara-SP, engordando no período de cocho 8@ por cabeça em média, com peso de entrada próximo a 11@ e, o de saída 19@.

 

“Uma margem média, entre os inteiros e os capões, próxima de 30%. […] Além de você estar desafogando a fazenda, não está desembolsando o recurso durante a engorda desse animal, tem ajuda ainda na parte de frete, toda a premiação envolvida nos protocolos da JBS, a gente participou do 1953, e tudo vem para a empresa. […] A gente viu que é bacana, é uma parceria muito legal, tanto é que se estendeu para este ano”, afirmou o gerente administrativo e financeiro do Grupo Colpar, Evando Moreira, em entrevista concedida ao Giro do Boi e exibida nesta segunda, 25.

 

“Agora no começo do ano já mandamos mais mil bois para o confinamento da JBS em Terenos, perto de Campo Grande (MS). Mandamos 800 Angus machos e 200 bois Nelore”, adiantou o diretor de pecuária do mesmo grupo, Ivanilson Alves.

 

“É uma parceria muito boa porque você aumenta o giro da fazenda. Tira o gado pesado nas épocas mais secas, traz pro confinamento para terminar e a fazenda aumenta a lotação”, aprovou o pecuarista Rogério Duarte.

 

No evento em que as entrevistas foram concedidas, que aconteceu em Araçatuba, interior de SP, propriedade de Eduardo Otoboni, a indústria esteve presente para reforçar a disponibilidade não somente na fase da terminação. “É uma confraternização para a gente trocar ideia. Juntar todo mundo, discutir os problemas de cada um e tentar resolver. Hoje a gente trouxe nutricionista, às vezes o pecuarista quer falar de dieta, o que fica bom para ele, o que é bom para fazer na recria para mandar o gado para o cocho na seca”, disse o gerente regional de da Friboi Confinamentos, Mario Yoneda.

 

“Não  é uma questão só do lucro financeiro. Com a nossa parceria, queremos estar juntos dos pecuaristas. Nos momentos oportunos, queremos ajudá-lo a fazer o seu planejamento. Não só o planejamento financeiro da engorda do cocho, mas ajudar em um sistema de recria, de reposição, estender outras parcerias nossas, como protocolos de qualidade e também falar sobre protocolos sanitários, como vacinas que usamos nos boiteis, que estendemos na forma de conhecimento aos nossos parceiros”, destacou o gerente da Friboi Confinamentos, José Roberto Bischofe Filho.

 

Além de aumentar o desfrute das fazendas, os boiteis também servem como ferramenta para enquadrar a matéria-prima na demanda do mercado, com destaque para o das exportações, que foi importante para a economia brasileira em 2018. Isto porque os principais países compradores da carne bovina do País estão restringindo a compra de carne de animais com mais de 30 meses. “O mercado promete neste ano, as expectativas são boas, a exportação no ano passado foi muito boa. Então precisamos levar um pouco do que o mercado está pedindo, que é um boi jovem. As restrições vêm aumentando a cada dia. […] A temporada 2019 começou com boitel com um estoque de boi de passagem muito bom, fruto do trabalho que a equipe fez a da confiança que os parceiros têm”, ressaltou Leandro Testa, diretor de novos canais de originação da Friboi.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Fonte: Giro do Boi

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Em Destaque

Novas instalações da Coopersa foram inauguradas nessa segunda-feira (10)

December 12, 2018

1/1
Please reload

Posts Recentes
Please reload

Arquivo
Please reload

Procurar por tags
Please reload

Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square

A Cooperativa Agroindustrial Amambai – COOPERSA, fundada em 29 de junho de 1993, inscrita no CNPJ sob n. 70.363.650/0001-87, com inscrição estadual n. 28.289.944-8, esta localizada no município de Amambai na Estrada Municipal Amambai/Sertãozinho Km 01.

Contato

(67) 3481-2287

Av. Pedro Manvailler, 4632 - Vila Cristina, Amambai - MS

© 2018. Coopersa. Criado orgulhosamente por Eficienthis