Milho abre a terça-feira em queda na Bolsa de Chicago


A terça-feira (18) começa com os preços internacionais do milho futuro apresentando desvalorizações na Bolsa de Chicago (CBOT). As principais cotações registravam quedas entre 6,75 e 8,25 pontos por volta das 08h50 (horário de Brasília).

O vencimento julho/19 era cotado à US$ 4,47, o setembro/19 valia US$ 4,53 e o dezembro/19 era negociado por US$ 4,60.

Segundo análise de Tony Dreibus da Successful Farming, os futuros do milho abrem o dia mais baixos após a divulgação do progresso no plantio americano feito pelo USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos) no final da tarde de segunda-feira.

O plantio do milho subiu de 83% para 92% até a semana que se encerrou no dia 16 de junho. Neste mesmo período do ano passado e na média dos últimos cinco anos o plantio já estava em 100%.

Além disso, o USDA reportou que 79% das lavouras já germinaram, contra 62% da semana anterior. Apesar do avanço, o índice mostra um considerável atraso em relação ao ano anterior e da média plurianual, ambos os casos com 97%.

Quanto a qualidade das lavouras, o Departamento informou que são 59% das lavouras de milho em boas ou excelentes condições, 31% em situação regular e 10% em condições ruins ou muito ruins.

Fonte: Notícias Agrícolas


Posts Em Destaque