Agricultura familiar: governo solicita criação de crédito emergencial

May 27, 2020

 

 

Proposta encaminhada ao CMN prevê crédito de até R$ 5 mil e taxa de juros de 0,5% ao ano; prazo de pagamento seria de até três anos

O Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR) confirmou nesta terça-feira, 26, que solicitou ao Conselho Monetário Nacional a criação de uma linha emergencial de crédito para agricultores familiares durante a pandemia da Covid-19. O pedido para o auxílio foi feito pelo Ministério da Agricultura ao MDR, que é o órgão gestor dos Fundos Constitucionais (do Centro-Oeste, Nordeste e Norte).

 

Segundo o ministério, caso a medida seja aprovada, os recursos serão disponibilizados como financiamentos, por meio dos Fundos do Centro-Oeste (FCO), Nordeste (FNE) e Norte (FNO) e poderão ser utilizados para custeio e investimentos. 

 

Os beneficiários devem ser extrativistas artesanais no meio rural – exceto garimpeiros e faiscadores; integrantes de comunidades quilombolas rurais; povos indígenas; demais povos e comunidades das três regiões que possuem os fundos.

 

A proposta encaminhada prevê taxa de juros de 0,5% ao ano e prazo de pagamento de até três anos com financiamento concedido em parcela única, sendo contratado até 31 de dezembro de 2020. “A expectativa é atender 23 mil beneficiários, com créditos de até R$ 5 mil, que somariam R$ 52,3 milhões. Os contratos serão firmados pelos bancos operadores dos Fundos: Banco da Amazônia (FNO), Banco do Nordeste (FNE) e Banco do Brasil (FCO)”, disse o Ministério do Desenvolvimento Regional.

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Em Destaque

Novas instalações da Coopersa foram inauguradas nessa segunda-feira (10)

December 12, 2018

1/1
Please reload

Posts Recentes